congressobruxólico-rifferama

Confira a programação do V Congresso Bruxólico

Santa Catarina tem grandes festivais rolando durante o ano, a maioria com foco no público headbanger, como River Rock, Maniacs Metal Meeting, Otacílio Rock, entre outros, mas nos últimos tempos os eventos mais alternativos vêm ganhando força, caso do Congresso Bruxólico, que começa nesta quinta–feira (12), num sítio próximo a Joinville, e segue até domingo (15).

A quinta edição do Bruxólico, que é organizado pelo Coletivo Saragaço, traz 25 bandas na programação, sendo nove delas aqui do estado. A Napkin faz a abertura, às 14h, e se apresentam, também, Strato Feelings, Oros Boros, Tcid, Circo Quebra Copos, Cobalt Blue, Muñoz, Mad Head Machine e Heacutters. E ainda tem oficinas de circo, moda sustensável, yoga e cinema.

Outro ponto a se destacar no Congresso Bruxólico é a identificação festival com a cultura local. O nome do evento foi ispirado no livro “O Fantástico na Ilha de Santa Catarina”, do grande artista catarinense, pesquisador, ecologista e folclorista Franklin Cascaes.

Os ingressos agora só podem ser comprados na hora, a R$ 150 (passaporte para todos os dias) ou R$ 40 (das 14h às 6h, sem permissão para acampar).

Programação

Quinta-feira, 12
16h40 – Napkin (Joinville/SC)
18h – Quarto Astral (Candeias/PE)
19h20 – Deb and The Mentals (São Paulo/SP)
20h40 – Red Mess (Londrina/PR)
22h – BIKE (São Paulo/SP)
23h20 – The Experience Nebula Room (Rio Grande/RS)

Sexta-feira, 13
14h – Strato Feelings (Joinville/SC)
15h10 – Aminoácido (Londrina/PR)
16h30h – Codinome Winchester (Campo Grande/MS)
18h – Oros Boros (Itajaí/SC)
19h20 – Cachalote Fuzz (Uberlândia/MG) + Tagore (Recife/PE)
20h40 – Tcid (Chapecó/SC)
22h – Cattarse (Porto Alegre/RS)
23h10 – Hammerhead Blues (São Paulo/SP)

Sábado, 14
14h – Mélange de Culture (Buenos Aires/ARG)
15h10 – Mar de Marte (Erechim/RS)
16h30 – Circo Quebra Copos (Florianópolis/SC)
18h – Maestro Sujo e o Sanatório Gothan (Viamão/RS)
19h20 – Médicos de Cuba (Araucária/PR)
20h40 – Cobalt Blue (Florianópolis/SC)
22h – The Muddy Brothers (Vila Velha/ES)
23h10 – Muñoz (Florianópolis/SC)

Domingo, 15
14h – Mad Head Machine (Joinville/SC)
15h30 – The Headcutters (Itajaí/SC)

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *