novocodigogenetico-rifferama

De volta ao trio, Novo Código Genético recomeça com “Canto”

O EP “Canto”, disponibilizado nesta segunda-feira (7), marca uma nova fase para a Novo Código Genético. O grupo, criado há seis anos e meio, em Florianópolis, passou por diversas formações até retornar ao trio. As três canções foram gravadas e produzidas pela própria banda, que trabalhou sem pressa para finalizar o material: todo o processo levou seis meses. “Canto” é o quarto lançamento da NCG, que fez dois EPs e um álbum entre 2012 e 2014, além de uma série de vídeos ao vivo para o YouTube em 2017.

Segundo o vocalista Raphael Duarte, o sentimento é justamente esse, como se o grupo estivesse recomeçando do zero. Completado por Leonardo Lima e Pedro Henrique, que também toca no Duo Multueira, o trio revisitou a sonoridade do início da trajetória do grupo, mais acústico, com foco nas vozes – todos os três cantam. O nome e a capa de “Canto” também representa esse lado mais intimista, visto que o EP foi gravado na antiga casa de Duarte, no Porto da Lagoa.

Estamos acostumados a trabalhar como trio. Passamos por várias fases, inclusive uma mais elétrica, mas agora completando um ciclo de novo num trio acústico. “Canto” lembra a nossa origem, nosso primeiro álbum, com bastante violão e voz, o meu canto, nosso quarto, nosso canto, e ao mesmo tempo a questão de cantar. O canto é muito importante para a sonoridade desse EP, que é bem vocal. A gente é cancioneiro, e essa parte de firmar a canção é uma coisa tanto do que a banda quer ser e o que esse EP representa com o nome “Canto”. A ideia é subir mais um degrau, profissionalizar a banda e rodar mais na cena alternativa. Queremos fazer o nosso próprio evento, também, chamar outros grupos e organizar um espaço com caráter de sarau.

Foto: Douglas Sielski

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

3 Comentários

  1. Parabéns pela reportagem com a Banda NCG e sucesso para banda e a voce Daniel pelo espaço tão importante na divulgação do trabalho de nossos artistas. Continue sempre trilhando o sucesso!

  2. Muito legal a reportagem com a Banda Novo Código Genético. Voltando as origens tenho certeza que será apenas uma questão de tempo para o sucesso. É ao Rifferama parabéns sempre pela presença marcante nas produções artísticas do momento.

  3. Muito boa matéria Daniel! Valeu por estar fazendo o trabalho que tu faz tão bem. Grande abraço!

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *