disastercities-rifferama

Disaster Cities lança versão inusitada de “Right Next to You”

Muita coisa mudou para a Disaster Cities desde o dia 10 setembro de 2017, data do lançamento do primeiro single da banda, “Right Next to You”. Matheus Andrighi (voz e guitarra) e Rafael Panegalli (baixo e vocal) deixaram Chapecó e se juntaram a Ian M. Bueno (bateria) e Vinicius Cripa (teclados) em São Paulo em busca de mais oportunidades. E vem dando certo. Quase nove meses depois, o grupo já soma quase 900 mil execuções do repertório do álbum “Lowa” nas plataformas digitais. Nesta quinta-feira (7), o Rifferama divulga com exclusividade uma versão revisitada da música que apresentou o quarteto ao mundo.

A releitura conta com arranjos de Rafael Paiola, que também gravou o piano, e Pedro Florence no violino, e ganhou um vídeo “charmoso e esdrúxulo”, como descreveu Andrighi em contato com o Rifferama. O clipe foi gravado em um hotel de Chapecó e conta com uma grande equipe de produção e elenco, incluindo a participação de Gabriel Andreolli, que também atuou no original. A ideia inicial, segundo o guitarrista, era fazer uma live session de piano e voz, mas a ideia cresceu ao ponto de virar esse material que está sendo lançado agora.

Sempre imagino como as músicas seriam se fossem feitas sob outros pontos de vista. Foi pura imaginação. A intenção era virar outro som mesmo, nos reinventar sempre, mesmo que desde agora. E o clipe foi uma consequência muito legal. Tivemos a colaboração de pessoas que gostamos para participar de todo o processo, tanto no áudio quanto no vídeo. É um retrato de um encontro de amigos. Juntamos o conceito do “Lowa” e dos clipes em alguns detalhes e cuidamos para que ele saísse simples. Queríamos algo meio charmoso e esdrúxulo e acho que rolou.

Foto: Ana Cabral

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *