artistasficaí-rifferama

Festival Ficaí reúne 27 artistas de SC neste fim de semana

Apoie o Rifferama no Catarse


Em tempos de quarentena, muitos artistas estão apresentando o seu trabalho nas redes sociais e as lives têm sido o principal formato escolhido para se conectar com o público. Nesta sexta-feira e sábado (27 e 28 de março) acontece o Festival Ficaí, organizado pelo compositor John Mueller, de Blumenau. Ao todo serão 27 shows de 30 minutos cada, com programação divulgada no Instagram do evento. Entre as atrações confirmadas estão nomes de destaque da música de Santa Catarina, de diversas regiões, como Ana Paula da Silva (Joinville), Capim (Brusque), Vitor Soltau (Itajaí), Música Orgânica (Porto Belo) e muito mais.

As apresentações serão veiculadas no perfil (confira os links abaixo) de cada artista. E os shows podem ser voz e violão, só instrumental ou até banda completa, caso houver estrutura para isso e, claro, seguindo os protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde. Após o festival, uma playlist com todos os artistas será publicada no Spotify. “O objetivo é se conectar, se unir e levar um pouco de música, paz e alegria para todos, público e artistas, nesse momento de isolamento. As notas musicais pedem licença para entrar na sua casa e você #ficaí. Todos juntos conectados e seguros, cada um no seu lar”, afirma John Mueller.

Programação

Sexta-feira, 27 de março

16h – Dentinho Arueira
16h30 – Bruno Kohl
17h – Música Orgânica
17h30 – Ricardo Pauletti
18h – Aline Vieira
18h30 – Leo Maier
19h – Malungo
19h30 – Luiz Vicentini
20h – Libélula em Verso
20h30 – Vitor Soltau
21h – Mazin Silva
21h30 – Mari Monteiro
22h – Léo Vieira

Sábado, 28 de março

16h – Guilherme Franzói
16h30 – Jackson Carlos
17h – Rodrigo Erbs
17h30 – John Mueller
18h – Ana Paula da Silva
18h30 – Jesus Luhcas
19h – Adri Benvenuti e Cezinha Silva
19h30 – Lucio Mello
20h – Pororoca
20h30 – The Zorden
21h – Duo Eu e Ela
21h30 – Da Lou
22h – Douglas Padial
22h30 – Capim

Arte: Leonardo Crios

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *