françoismuleka-rifferama

François Muleka se apresenta no Rock In Rio nesta sexta-feira (15)

Quando François Muleka recebeu uma ligação da produtora La casa de la madre, que ofereceu ao compositor um convite para participar de um reality show da SKY sobre o Rock In Rio, ele achou que se tratava de um trote. Passada a surpresa, o músico embarcou em uma viagem de São Paulo ao Rio em um motorhome com outros três artistas (Paula Cavalciuk, Dani Vellocet e Jonavo).

A ideia do “Na Rota do Rock”, em princípio, era escolher apenas um, por meio de votação, para se apresentar no SKY Rock Station, palco da empresa de TV por assinatura no Rock In Rio, mas a sintonia entre os quatro foi tanta durante as gravações que eles “bateram o pé” e a produção decidiu reunir os artistas em um único show, que será realizado nesta sexta-feira (15), primeiro dia do festival.

Em contato com o Rifferama, François Muleka falou sobre a experiência de participar do programa, que terá seis episódios (já foram liberados quatro), incluindo a participação de Supla e Rogério Flausino. O compositor também comentou sobre a relação com os outros três artistas e também a oportunidade de se apresentar no Rock In Rio.

Fomos de São Paulo até o Rio gravando no caminho dentro do motorhome, falando coisas sobre ser músico independente e vimos que nossas parecenças são muitas, apesar dos estilos tão diferentes. A ideia era rolar uma votação, mas junto com a produção conseguimos subverter a ordem do negócio planejado e tocaremos juntos. Estou muito feliz e a viagem com a turma foi demais. Só o fato de conhecer aqueles amigos novos e tê-los como companhia na minha estrada já está muito legal. Nunca nem sonhei em tocar num evento desses, então é muito doido pensar nessa possibilidade.

Foto: Divulgação

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

3 Comentários

  1. Pois é François, como sempre ensinamos a vocês. só se colhe o que se plantou... É impossível colher bananas se se plantou batatas... você plantou e está colhendo essa honraria que só é fruto de seus esforços e respeito a vida e as pessoas...
    Amamos você de tudo nossos corações.
    Papai e Mamãe

  2. Pra mim François Muleka é uma mistura do que mais gosto na música brasileira. Me lembra muito Caetano e Gil. Os dois melhores. Não sei se ele se inspira neles, mais é incrível pra mim ver o François tocando... O Caetano compõe muito e canta muito, mas pra tocar violão foi se aperfeiçoando. Gil toca e canta num ritmo incrível, e compõe também muitíssimo bem. O Caetano diz que o Gil e melhor artista do Brasil e que só não toca melhor do que Jorge Ben Jor. Pois bem, dai aparece o François Muleka. Pra mim ele ta ali... Maravilhoso!!!

  3. Que maravilha François!! Que a sua compaixão toque a muitos !! Abrações!!

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *