carolino-rifferama

“Mediamar”: Carolino lança primeiro single da sua super banda

Apoie o Rifferama no Catarse


Vivendo em Florianópolis desde 2012, o cantor e compositor mineiro Guilherme Carolino começou o seu projeto solo há dois anos “aproveitando a genialidade de casa”. Explico. Carolino divide a morada com os irmãos Samuel e Mauro Fontoura, do Muñoz, que conheciam as músicas e queriam fazer um som com referências brasileiras. Com um disco pronto, a banda lançou no dia 13 de abril o primeiro single, “Mediamar”, que ganhou um vídeo dirigido por Renan Casarin.

Carolino e os Muñoz se conheceram em Uberlândia (MG), onde o duo foi formado. Os irmãos Fontoura estavam tocando com o baixista Chico Abreu (ex-Skrotes) em um trio instrumental e o convidaram para ensaiar com esse novo projeto. As músicas foram surgindo e “Mediamar” foi a última composta nesse processo, que também inclui o percussionista Fabio Cadore (Orquestra Manancial da Alvorada).

Em contato com o Rifferama, o artista revelou uma das músicas do repertório do disco é uma versão de uma composição do pai dos Muñoz que Mauro fez a letra. “Mediamar”, que traz influências nordestinas, é o primeiro de uma série de singles que Carolino pretende lançar antes de liberar o álbum completo para audição nas plataformas de streaming. O músico também falou sobre a produção do clipe.

Escolhemos “Mediamar” como primeiro single por ser uma música forte. Quase todo mundo passa por esse medo na vida, que é o medo de aguar o amor. Temos mais músicas para fazer mais singles, mas vamos guardar essas surpresas. O clipe foi gravado na restinga e na praia do Rio Tavares com quase nada de recursos. Fomos para a praia cedo, com o tempo nublado, do jeito que queríamos, porém faltava algo para quebrar um pouco o cenário. Aí finalizamos em casa com ajuda da Karina Akashi, que dançou (no vídeo) e cantou no disco.

Foto: Cléo Theodora

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *