wadada-rifferama

Wadada lança videoclipe para divulgar o EP “Vamo bate laje”

Apoie o Rifferama no Catarse


O Wadada, de Florianópolis, é uma das bandas que tem renovado o cenário do reggae de Santa Catarina. Em julho, o grupo lançou o EP “Vamo bate laje”, o primeiro trabalho de estúdio em oito anos — no ano passado o quinteto liberou três gravações ao vivo. A pandemia atrapalhou um pouco os planos de divulgação do material, que nesta sexta-feira (18) ganha um reforço com a estreia do clipe de “Hoje”, que você confere com exclusividade no Rifferama (veja abaixo). Dirigido por George Hermes, o vídeo tem produção da GogFilmes com imagens adicionais de Leandro Amaral.

Em contato com o portal, o guitarrista Jeffs Ventura informou que produziu o EP em casa, com masterização do vocalista e tecladista Bento Soares. Da concepção até o lançamento, “Vamo bate laje” levou dois anos para chegar à sonoridade que a banda procurava. Com influências diversas, do reggae roots, passando por Daft Punk e Akon, principalmente no tratamento das vozes, as quatro faixas trazem detalhes que as diferenciam entre si e também dos outros grupos da cena.

Falando em cena, o coletivo União do Reggae Catarinense tem sido um grande aliado para as bandas do estado. A playlist URC Hits reúne mais de 40 grupos e artistas solo de Santa Catarina, mas o movimento não se resume somente a presença no Spotify, segundo Ventura. É como um clube em que todos se ajudam. A diferença na divulgação, feita em bloco, é destacada pelo guitarrista do Wadada, que também conta com Fabian Nasario (guitarra), Diego Lopes (baixo) e Betinho Rockers (bateria).

— O coletivo União do Reggae Catarinense foi encabeçado pelo Magrão da Qback. Ele queria conhecer as bandas do estado e colocar a banda dele para as pessoas conhecerem. Antes da pandemia tínhamos ações diárias, como movimentar a playlist, divulgar as casas que apoiam as bandas do URC, lançamentos toda semana. Essa playlist traz pra gente até 60 plays diários, é bem importante para o Wadada e todos os grupos.

Foto: João Ventura

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *