catavento-rifferama

Ganhe dois ingressos para ver a Catavento no Balaio de Gato

No último sábado (6), a Catavento (RS), uma das melhores bandas da cena alternativa brasileira, era uma das atrações do Lollapalooza. Nesta sábado (13), o grupo de Caxias do Sul apresenta o terceiro álbum, a obra-prima “Ansiedade da cidade”, no Festivalzinho Saravá, no Balaio de Gato, na Lagoa da Conceição. Estão escalados para o evento, também, as bandas Irmão Victor (RS) e Exclusivo e os Cabides. Os ingressos antecipados estão sendo vendidos a R$ 10, no Sympla – na hora será R$ 15 ou R$ 20 (depois da meia-noite).

Após dois discos tentando encontrar a sua identidade, a Catavento acertou em cheio em “Ansiedade na cidade”, lançado no ano passado. O disco, gravado por meio do edital Natura Musical, tem apenas uma música escrita em inglês (amém) e mostra uma banda com uma proposta madura. O som psicodélico e multifacetado do septeto funcionou muito bem em português e oferece momentos incríveis, como em “F5”, “Panca úmida”, “Paraíso do terceiro mundo” ou a jazzística “This Life/Corre”.

Quem frequenta as casas de show da cena independente de Florianópolis certamente conhece a Irmão Victor. A banda de Passo Fundo (radicada na capital catarinense), que tocou no Psicodália em 2018, deve fazer o seu último show por aqui antes de passar um período na França. Com dois álbuns (2015 e 2018) no currículo, o grupo faz um indie rock lo-fi. Para fechar o cast, a produção escolheu uma banda estreante. Exclusivo e os Cabides é um projeto do compositor João Paulo Pretto, com influências da MPB.

O Rifferama está sorteando um par de ingressos para o show Festivalzinho Saravá. Para participar, basta seguir os seguintes passos. 1: Compartilhar o post da fanpage do portal; 2: Confirmar participação no evento; 3: Marcar cinco amigos na publicação do Rifferama no Facebook. O resultado será divulgado às 11h desta sexta-feira (12).

Foto: Rodolfo Cemin

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *