srcjoinville-rifferama

Confira a agenda da Semana do Rock Catarinense em Joinville

Depois da Grande Florianópolis (2 a 14 de julho), Joinville tem a maior programação da Semana do Rock Catarinense – e ainda vai rolar em Brusque, Criciúma e Lages. Os eventos acontecem entre os dias 15 e 20, em cinco locais pela cidade: Didge (R$ 10), The Old McGallagher (gratuito), Casa 97 (R$ 10), Porão da Liga (R$ 10) e Zeit Cervejaria (gratuito).

No Didge (16 de julho, terça-feira), a Bomfim divide o palco com veteranos do rockde Joinville: Vacine e Blasè. Formada em 2017 por Marcelo Silva nos vocais e guitarra (ex-Ursulla), Gabriela de Liz no baixo e Guilherme Garbin na bateria, a banda apresentou em abril deste ano o EP “Vazio”, que mistura experimentalismo e melancolia. Grupo mais antigo em atividade na cidade (desde 1995), a Vacine tem um disco lançado, em 1999, e faz um som influenciado pela cena alternativa dos anos 90. Com dois EPs e um single no currículo, a Blasè está tocando novas composições após alguns anos de pausa.

No Old McGallagher (17, quarta-feira) será realizado um bate-papo sobre o rock nos anos 80 na cidade com Robert Lemke (Atrito) e Luis Moretti (H2O). Pioneiras no norte catarinense, as bandas gravaram um split (dividiram um disco) em 1989, que foi lançado com show lotado no ginásio Ivan Rodrigues, antiga casa do Festival de Dança de Joinville – de 1984 a 1997.

A Casa 97 (18, quinta-feira) recebe o projeto solo de Guto Ginjo, vocalista da Fevereiro da Silva, que deve lançar um álbum ainda neste ano, além da novata Teto de Venus, formada em janeiro de 2019, e a Gorilla Grip, quarteto de rock alternativo que tem dois EPs produzidos até o momento, “Gorilla Grip” (2015) e “Abrigo” (2016).

O Porão da Liga (19, sexta-feira) reúne nada mais nada menos que Napkin, que acabou de fazer um show no Hard Rock Cafe em Nova Iorque (EUA), a Fevereiro da Silva, uma das melhores bandas de Santa Catarina, o rock barulhento da Sylverdale (ouçam o “Clube da distorção e quebradeira, vol. 2”!) e a Horney, mais uma cara nova na cena dacidade.

O encerramento da SRC em Joinville será na Zeit Cervejaria (20, sábado) com um festival gratuito. Além das bandas locais, AleazDominäria e Mosaico Adulto (tocou com a Orquestra de Baterias em 2017), a escalação do evento foi reforçada com Marina Radio Clube e Menage, ambas de Florianópolis.

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *