srcbrusque-rifferama

Confira as atrações da Semana do Rock Catarinense em Brusque

Uma das cidades mais importantes para a música no estado também tinha de ter o seu próprio espaço na Semana do Rock Catarinense. Em Brusque serão realizados dois eventos nos dias 26 e 27 de julho, no Rock Bar (a R$ 10) e no QG Doberro (gratuito). Além das bandas locais Etílicos e Sedentos, Stall the Örange, 1Plugged, que participa da abertura da SRC, nesta terça-feira (2), em Florianópolis, e Capim, a organização trouxe Stella Folks (Floripa) e Commando 47 (Joinville), para fortalecer o intercâmbio entre as cidades.

No Rock Bar, a Etílicos e Sedentos faz as honras da casa. Na ativa desde 2006, a banda tem uma imensa discografia (um EP, dois DVDs, quatro álbuns, coletânea e uma infinidade de vídeos) e um público cativo na região. Neste ano, o quarteto lançou o single ao vivo da clássica “Cachorro de rua”, com participação do vocalista Paulão, do Velhas Virgens.

A Stall the Örange é uma banda de indie rock/dream pop fundada em 2016, em Brusque, por Luiz Libardo (voz e guitarra), fortemente influenciado pela “nova psicodelia” – Tame Impala, Pond e Boogarins. No ano passado saiu o primeiro single, “wIsH”, que fará parte do EP “Colours”.

A Commando 47, melhor banda de Santa Catarina de 2017 segundo o Prêmio da Música Catarinense, está trabalhando no sucessor do EP de estreia, “Renovo”, produzido por Victor Pradella (O Muro de Pedra). No ano passado o grupo divulgou o primeiro de uma série de três singles, “Prisioneiro”, que integra a coletânea “Catarina Rockstar 2019”.

A festa no QG Doberro conta com a Stella Folks, que em agosto participa da 7ª edição da Orquestra de Baterias tocando “Leal”, uma das duas músicas eleitas para ser apresentada no evento. O single faz parte do primeiro álbum da banda, homônimo, lançado em março deste ano em show no TAC (Teatro Álvaro de Carvalho) ao lado da Parafuso Silvestre, vencedora do concurso em 2018.

1Plugged apareceu na cena catarinense no ano passado com o single “Wine Drinker”. De lá para cá, o duo formado por Lucans Bruns (violão e voz) e Victor Bigliardi (violão e voz) lançou outras três músicas e o EP “Sundays”. O som acústico do grupo é fortemente influenciado pelo grunge e o rock alternativo dos anos 90.

Luminoso (voz e violão) e Didi Maçaneiro (voz e percussão) se apresentam juntos há quase dez anos nas noites de Brusque e região, mas só em 2017 a dupla começou a preparar um repertório autoral. Em abril deste ano, o duo, batizado de Capim, lançou o primeiro álbum, uma obra-prima que celebra as belezas do Vale do Itajaí.

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *