megadeth-rifferama

Arena Petry trabalha em novo nome para substituir o Megadeth

A notícia de que o vocalista do Megadeth, Dave Mustaine, está com câncer na garganta pegou todos de surpresa. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (17) nas redes sociais da banda, que cancelou todos os shows marcados no Brasil, incluindo a data com o Scorpions na Arena Petry, no dia 28 de setembro. O grupo norte-americano, que conta com o guitarrista Kiko Loureiro (Angra), estava escalado para o Rock In Rio.

A Arena Petry já está trabalhando com um novo nome. Em contato com o Rifferama, o diretor comercial Roberto Petry revelou que o objetivo é fechar com essa segunda banda até o fim da semana. A Hits Entretenimento, produtora parceira do complexo multiuso neste show, divulgou nesta segunda-feira um comunicado oficial sobre o cancelamento da apresentação do Megadeth.

Prezados fãs e consumidores, como já é de conhecimento de alguns, Dave Mustaine, vocalista e guitarrista do Megadeth, anunciou hoje, dia 17 de junho de 2019 (segunda-feira), em suas redes sociais, que foi diagnosticado com câncer na garganta e, apesar do tratamento que está realizando, infelizmente, terá de cancelar a maioria, senão todos, os shows de 2019, incluindo as apresentações no Brasil.

A Hits Entretenimento se sensibiliza com a repentina notícia sobre o estado de saúde de Dave Mustaine e se une aos familiares, amigos, bem como aos milhões de fãs em todo o mundo nas preces para a pronta recuperação do artista, com o retorno das apresentações do Megadeth tão logo seja possível.

A propósito, após receber a notícia e prestar seu incondicional apoio ao artista, a Hits Entretenimento iniciou contatos com diversas agências para encontrar uma banda substituta à altura do Megadeth, para as datas em que, originalmente, o grupo se apresentaria no Brasil.

Assim que a nova banda for definida seu nome será divulgado a todos e novas informações serão veiculadas. O show com a banda Scorpions está mantido.

Atenciosamente, Hits Entretenimento

Foto: Annalisa Russo

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

2 Comentários

  1. Li no Whiplash que sinalizaram chamar o Halloween para substituir o Megadeth no Rock in Rio, não seria possível trazê-los para cá?

  2. CHAMEM O TESTAMENT NO LUGAR DO MEGADETH E FICA TUDO CERTO!!

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *