baixinho-rifferama

Gilson Baixinho Duarte celebra o amor e a amizade em “Juntos”

O Rifferama tem o apoio cultural de 30 Por Segundo, Habrok Music, Mini Kalzone e Orquestra de Baterias

Contribua


O percussionista e baterista Gilson Duarte Andrade, o Baixinho, 63, em atividade desde 1974, está vivendo uma experiência diferente. Em junho, o músico lançou o seu primeiro álbum, “Juntos”. Com direção e arranjos de Luiz Meira, o título do disco tem duplo sentido: é uma homenagem aos 44 anos de união com a esposa, Jadna, e celebra a parceria com um time brilhante (são quase 50 pessoas envolvidas, veja a ficha técnica abaixo) de cantores e instrumentistas que participaram das gravações comandadas por Jorge Lacerda. A mixagem e masterização ficaram a cargo de Felipe Nascimento, do estúdio Red River Records.

Apesar de “Juntos” ser o seu primeiro trabalho como compositor, Baixinho tem músicas suas gravadas por outros artistas, como Carlinhos Niehues (1957–1994) e Grupo Engenho, banda da qual fez parte entre 1998 e 2005. O disco “Movimento”, lançado em 2003, traz seis canções de sua autoria e despertou a vontade de escrever mais. Com dez faixas inéditas, o seu primeiro álbum conta com três releituras desse período. Em contato com o Rifferama, o percussionista, que é autodidata, falou sobre a sua trajetória e o repertório variado de “Juntos”, que teve os intérpretes escolhidos a dedo.

— Sempre gostei de criar, já compus músicas para blocos de Carnaval, mas sempre fui muito crítico, rasgava as minhas letras, refazia, e com esse exercício fui melhorando um pouco ao longo do tempo e criei coragem e comecei a mostrar as minhas composições. Depois desse projeto com o Grupo Engenho me fortaleceu essa ideia (do álbum). Na minha trajetória toquei em muitas bandas dos mais variados estilos e ficava imaginando as vozes que cabiam nas músicas e fui convidando os amigos que conhecia, também pedi o reforço do Meira. “Juntos” espelha essa comunhão de todos esses músicos. 

Ficha técnica

Voz: Gi Guedes (faixa 1), Leleco Lemos (2), Kako de Oliveira (3), Sabarah (4), Chico Martins (5), Isa Martins (6), Nelson Viana (7), Dayse Aguiar (8), Luiz Meira (9), Marco Sorriso (10), Guto Seara (11), Alisson Mota (12) e Jeisson Dias (13)
Coro: Luana Laus, Luiz Meira e Renato Rocha
Coro infantil: Betina Bardini Schlickmann, Rafael Grahl, Giovana Pitz Pereira, Laura Sperotto Kuchar, Gustavo Vasconcellos de Castro, Maria Luiza, Beatriz Branco e Helena Rodrigues sob a regência de Jessica Daussen
Guitarra: Luiz Meira, Luciano Bilu, Chico Martins e Marcelo D’Ávila
Violão: Luiz Meia, Ivan Schmidt, Manoela Pires, Luiz Sebastião e Luiz Francisco Mazo Martins
Cavaco: Francisco Camargo
Baixo: Rafael Calegari e Jorge Lacerda
Teclado: Neto Fernandes e Caio Muniz
Trombone: Hemerson Calandrini
Trompete: Jean Carlos (também arranjos de metais)
Sax alto: Braion Johnny
Flauta: Cristian Faig
Flugelhorn: Antonio Guzmán Sans
Sax soprano: Fábio Mello
Percussão: Gilson Baixinho Duarte, Eduardo Machado Seara (Mestre Dú) e Alexandre Damaria
Bateria: Gilson Baixinho Duarte e Neto Fernandes]

*Felipe Nascimento, Gilson Baixinho Duarte e Jorge Lacerda (foto)

Daniel Silva é jornalista e editor do portal Rifferama, site criado em 2013 para documentar a produção musical de Santa Catarina. Já atuou na área cultural na administração pública, em assessoria de comunicação para bandas/artistas e festivais, na produção de eventos e cobriu shows nacionais e internacionais como repórter de jornal.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *