raulsilter-rifferama

(Re)Descobertas da quarentena: Raul Silter (compositor)

Apoie o Rifferama no Catarse


Siga a playlist (Re)Descobertas da quarentena no Spotify


Raul Silter faz parte e se destaca em uma nova geração de bons compositores catarinenses. Natural de Laguna, o cantautor vem encantando o público com a sensibilidade e a poesia de “Sal”, um dos melhores trabalhos lançados neste ano em Santa Catarina. Além do EP, Silter lançou outros três singles, incluindo “Eu sabia que você existia”, uma das canções mais bonitas que ouvi nos últimos anos, que tem a participação de Figueiredo (ex-Plano dos Alces).


Síntese – Boomshot apresenta (2015)

Síntese é um grupo de rap formado pelo Neto e o Léo Irian, duas pessoas que me inspiram muito. Acho que me identifico pelo fato de serem do interior também, a forma com que conseguem expor questões espirituais sem pudor. Me vejo em várias situações descritas nas linhas. As letras são edificantes e eu dou valor nisso. Agora, sobre o álbum… cara, “Boomshot apresenta” é uma rajada lírica e musical. Uma união de monstros da cena musical atual: Akillez do Projeto Nave, Kiko Dinucci (acho que dispensa apresentações) e o Thiago França. A junção da palavra afiada e certeira do Síntese com os arranjos da banda é uma paulada. Rola uma quebra de estética padrão ali que me atrai muito.


Los Sebosos Postizos – Los Sebosos Postizos Interpretam Jorge Ben Jor (2012)

Quem me conhece sabe que sou fã de Nação Zumbi e de Chico Science. Pra mim, tá entre as melhores bandas de rock do país. Nesse álbum, os integrantes da Nação interpretam vários clássicos do Jorge Ben. É a sonzeira da cozinha da Nação com os clássicos do Jorge Ben, não tinha como ser ruim. Tem uma junção que eu amo do peso, de algo mais denso, com a leveza da música brasileira. Um destaque pra guitarra do Lucio Maia que sou apaixonado… sem palavras. Enfim, disquinho bom pra curtir numa manhã de domingo de sol, astral lá em cima com os mestres Jorge Ben Jor e Nação Zumbi.


Mac DeMarco – Here Comes the Cowboy (2019)

Tenho escutado muito na quarentena. Gosto da estética lo-fi, dos timbres… é um álbum bem feito. Tem algo nostálgico no som que faz eu me sentir bem. Mac DeMarco revisita gêneros já conhecidos e consegue trazer uma linguagem diferente pra eles. Gosto disso, juntar referências fundamentais pra construir o novo, soar como algo novo. Apesar do som ser mais tranquilo, rola uma atitude Rock’n’roll em algumas abordagens que me atraem.


Bônus: Raul Silter – Revérbero

Foto: Lindamir Henrique

Nasci em Blumenau, mas fui criado em Biguaçu, cidade em que vivi até os 28 anos: hoje moro em São José. Sou jornalista, me formei na Estácio de Sá e trabalhei no jornal Notícias do Dia, a minha casa entre 2009 e 2016, entre indas e vindas. Escrevia sobre esportes no impresso, mas sou apaixonado por música, a melhor invenção do homem.

DEIXE UM COMENTÁRIO.

Your email address will not be published. Required fields are marked *